Problemas mecânicos comuns do Volkswagen Voyage

Confira os principais problemas mecânicos, elétricos e estruturais crônicos sobre o Volkswagen Voyage e quais as possíveis soluções para cada um.


Visão geral do Volkswagen Voyage

O Volkswagen Voyage foi lançado no Brasil no início da década de 1980, e foi construído sobre a mesma plataforma do Gol, ocupando o espaço como sedã de pequeno porte da montadora alemã. Além do Gol, tem como irmãos a Saveiro (pickup) e a Parati (station wagon). Mesmo sendo um sucesso de vendas, o Voyage saiu de linha em 1995 para ceder espaço para o Polo Classic. Contudo, o modelo foi retomado em 2008 e continua a ser comercializado até hoje.

Como os outros modelos da marca, o Voyage é sinônimo de robustez e não apresenta muitos defeitos mecânicos crônicos. Atualmente, o Índice de Manutenção Veicular (IMV) calculado pela CESVI para o Volkswagen Voyage é de 26, numa escala que vai de 10 a 60, em que o menor número representa um custo de manutenção mais baixa. Esse é considerado um índice baixo para a categoria dos sedãs pequenos, indicando que o custo para se fazer a manutenção preventiva recomendada pela montadora para o Voyage é relativamente baixo, aproximadamente R$ 12,5 mil até os 100 mil km.

Abaixo listamos alguns dos problemas mecânicos mais recorrentes do Volkswagen Voyage e os possíveis reparos indicadas para cada problema. Você também pode conferir a tabela de manutenção preventiva do Volkswagen Voyage até os 120 mil km que preparamos.


Precisando de um serviço automotivo?Informe o serviço que precisa e receba orçamentos pelo WhatsApp


Principais problemas mecânicos do Volkswagen Voyage

1. Dificuldade para dar partida
Problema: Esse problema é recorrente e quase sempre ocorre quando o dono do carro troca de combustível. Ao invés de abastecer com gasolina, como está acostumado, acaba usando etanol e vice-versa. O defeito é causado pelo sistema de injeção eletrônica, que não reconhece o novo combustível e não ajusta o funcionamento do motor para funcionar de maneira adequada.
Solução: Fazer um “reset” do sistema de injeção eletrônica. Para evitar esse tipo de problema o ideal é não desligar o carro logo após abastecê-lo com um novo combustível e procurar andar pelo menos 10 km antes de desligar o motor.

2. Motor falhando
Problema: Existem diversas razões que causam falha no funcionamento do motor. No caso da Saveiro uma causa bastante comum é a bobina de ignição defeituosa. A bobiba provê a energia necessária para a vela de ignição gerar faíscas e, por consequência, para que o motor funcione normalmente. Quando a bobina tem algum problema, portanto, sintomas aparecem. Além de falhas no motor, o motorista sente perda de potência e aumento do consumo de combustível. Esse problema também, é comum em outros modelos da Volkswagen, como a Saveiro e o Gol. Aparentemente isso ocorre pela posição da bobina, que fica muito perto do bloco do motor e acaba superaquecendo e tendo sua vida útil reduzida.
Solução: Troca da bobina de ignição e verificação do estado das velas de ignição e dos cabos de vela.

3. Pedal de freio duro
Problema: É recorrente o problema de perda do freio do Voyage, que fica com o pedal de freio duro, como se o carro estivesse desligado. Além disso, em alguns casos o carro fica acelerando sozinho, mesmo sem que o motorista acione o acelerador. A causa desse problema é no conjunto do servo-freio, também conhecido como hidrovácuo. Essa peça usa parte do vácuo gerado pelo trabalho do motor para aumentar a força que é aplicada no pedal de freio e transmití-la para as rodas. Qualquer peça desse conjunto pode comprometer o adequado funcionamento do servo-freio e gerar esses problemas, incluindo o próprio servo-freio, a mangueira, as abraçadeiras e a válvula. No caso da Saveiro – e de outros carros da Volkswagen – o problema geralmente está associado ao mau funcionamento da válvula de retenção do servo-freio ou válvula de controle de força. Uma forma bem simples de testar se esse realmente é o problema é soprar a válvula pelo lado da mangueira de admissão de vácuo. Se o ar passar o problema realmente é na válvula. Se o ar não passar o problema provavelmente é no próprio servo-freio.
Solução: Troca da válvula do servo-freio e inspeção dos demais componentes do conjunto do servo-freio.

volkswagen-voyage-problemas-freio-duro

4. Direção pesada
Problema: Outro problema comum da Saveiro é que a direção começa a ficar pesada, dificultando a vida do motorista na hora de fazer curvas e manobras. Uma causa comum para isso é a perda do óleo da direção hidráulica, originada por vazamento desse fluido. Isso ocorre porque a mangueira que transmite esse fluido fica próxima do compartimento do motor e, por ter revestimento metálico, acaba se rompendo.
Solução: Troca da mangueira do fluido de direção e reposição do óleo de direção, além da verificação dos conectores.


Essa série de artigos mostra os problemas mais comuns nos principais veículos comercializados no Brasil. Ela tem a intenção de ajudar proprietários ou clientes interessados em adquirir um carro a saberem os principais defeitos relacionados a cada modelo e como fazer para solucioná-los. Os problemas são levantados de diversas fontes, incluindo relatos de mecânicos, reclamações de clientes em sites e fóruns, análise de publicações especializadas em automóveis, institutos de pesquisas automotivas e comunicados das próprias montadoras.

Lembrando que os problemas listados acima são os mais recorrentes, o que não impede que outros problemas ocorram com o Volkswagen Voyage. Da mesma forma, as soluções sugeridas são as que resolveram os problemas na maioria das vezes, mas isso também pode variar de caso para caso e deve ser usado apenas como referência.

Por oficinaonline.com.br