Prêmio ABEAR de Jornalismo 2019: 7ª edição com quatro categorias temáticas

Premiando as melhores reportagens sobre o setor aéreo

SOBRE A PREMIAÇÃO

Realizado anualmente desde 2013, o Prêmio ABEAR de Jornalismo tem o objetivo de estimular e reconhecer reportagens que tenham como foco a aviação civil comercial nacional.

O 7ª edição do Prêmio tem quatro categorias temáticas, que são Cargas, Competitividade, Experiência de Voo e Inovação e Sustentabilidade; a categoria Imprensa Setorizada; e o Prêmio Especial Asas do Bem – Responsabilidade Social.

Além das categorias, é possível ganhar o Prêmio Imprensa Regional, destinado aos jornalistas e veículos fora das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília; e o Grande Prêmio ABEAR.

Aberto a participantes de todos os estados, o Prêmio aceita inscrições de matérias veiculadas em qualquer tipo de plataforma jornalística, como veículos impressos, rádio, TV e internet.

São R$48 mil em prêmios. Confira a seguir os detalhes de cada categoria.

Inscrições abertas até 20 de setembro de 2019

Inscreva-se no 7º Prêmio ABEAR de Jornalismo

RegulamentoContato

CATEGORIAS

O Prêmio ABEAR de Jornalismo contempla quatro categorias temáticas — Cargas, Competitividade, Experiência de Voo, Inovação e Sustentabilidade, a categoria Imprensa Setorizada e o Prêmio Especial Asas do Bem – Responsabilidade Social. Há também duas premiações adicionais: o Prêmio Imprensa Regional, concedido a uma reportagem finalista das categorias e produzida por um veículo ou jornalista de fora das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília; e o Grande Prêmio, concedido à melhor reportagem entre as categorias temáticas e imprensa setorizada.

CARGAS

  • Reportagens que falam sobre as potencialidades da aviação civil comercial nacional no transporte de cargas em relação a outros modais.
  • Reportagens que destacam aspectos relevantes do transporte aéreo de cargas, como capacidade de movimentação e armazenagem, segurança, rapidez, indicadores econômicos, abrangência dos serviços, uso de tecnologia, frota e qualidade de aeronaves, evolução do segmento, treinamento de pessoal e conectividade.
  • Reportagens que abordam o funcionamento da atividade em seus aspectos gerais, como logística, facilidades, benefícios e relação custo-benefício.

COMPETITIVIDADE

  • Reportagens que falam do avanço da competitividade na aviação civil comercial nacional, a partir de fatores como aumento do número de usuários, redução de tarifas e ampliação da malha aeroviária, novos destinos, voos mais rápidos e incremento de procedimentos que proporcionem maior segurança aos passageiros e às tripulações.
  • Reportagens que apontam os entraves conjunturais que influenciam negativamente o crescimento do setor, como má distribuição da malha aérea, concentração de aeroportos, sobrecarga e problemas de infraestrutura nos terminais aéreos e altos custos operacionais.
  • Reportagens que esclareçam como a composição do preço no setor da aviação civil comercial nacional é diretamente impactada por fatores como impostos incidentes sobre o combustível, tarifas aeroportuária, tarifas de navegação e questões regulatórias.
  • Reportagens que mostram, isoladamente ou no conjunto das empresas, como as companhias aéreas e seus executivos trabalham suas gestões, a fim de aumentar a eficiência, diminuir custos e melhorar os serviços para os usuários, sobretudo quando as condições econômicas do país são adversas.
  • Reportagens que abordam questões relativas à infraestrutura dos aeroportos, o controle de tráfego aéreo e a fiscalização, que proporcionam melhor desempenho do setor.
  • Reportagens com foco em questões relativas à desregulamentação do setor e os benefícios que a aplicação de planos e eventuais mudanças nos regulamentos em vigor podem proporcionar a companhias e usuários.

EXPERIÊNCIA DE VOO

  • Reportagens que mostram de maneira construtiva as experiências humanas vivenciadas em viagens de avião.
  • Reportagens com foco em histórias de viagens, com personagens que caracterizem sensações particularmente satisfatórias do hábito de voar, bem como a facilidade que o avião proporciona a profissionais que se valem desse meio de transporte.
  • Reportagens contemplando os benefícios e as transformações acrescentadas à vida de novos viajantes devido à conquista da ascensão socioeconômica.
  • Reportagens que retratam a experiência e o crescimento pessoal e/ou profissional de quem trabalha na aviação.
  • Reportagens sobre a história da aviação comercial brasileira, seu desenvolvimento, personagens e fatos marcantes e que contribuam para a preservação da memória do setor.

INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

  • Reportagens que apresentam tecnologias do setor da aviação civil comercial nacional que resultem em mais rapidez, conforto e segurança para os usuários desse meio de transporte, assim como a todos os profissionais envolvidos em suas operações.
  • Reportagens que contemplam a aplicabilidade da sustentabilidade na aviação civil comercial nacional, por intermédio de um ou mais dos três eixos que a caracterizam (econômico, ambiental e social), em alinhamento às inovações tecnológicas que estejam sendo introduzidas pelas companhias aéreas em seus procedimentos.
  • Reportagens que mostram o potencial da racionalização de custos na formação de tarifas mais econômicas, no aumento de segurança de voo e na maior eficiência no tempo de viagens.

IMPRENSA SETORIZADA

  • Reportagens produzidas por veículos especializados em aviação civil comercial nacional e áreas a ela vinculadas, como turismo e logística, entre outras, que abordam pelo menos uma das categorias Cargas, Competitividade, Experiência de Voo, Inovação e Sustentabilidade e Asas do Bem.
  • Reportagens que abordem as ações de responsabilidade social realizadas/apoiadas pela aviação civil comercial nacional nas áreas de saúde, educação, cultura, esporte, acessibilidade, moradia, meio ambiente, sustentabilidade e transporte gratuito de órgãos para transplante.
  • Este prêmio valoriza e estimula matérias produzidas sobre a aviação civil comercial nacional por veículos ou jornalistas sediados fora das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. O vencedor é escolhido entre os finalistas das categorias temáticas, portanto não recebe inscrições.
  • O Grande Prêmio ABEAR de Jornalismo é concedido à melhor reportagem entre os vencedores das categorias temáticas (CargasCompetitividadeExperiência de Voo e Inovação e Sustentabilidade) e da categoria Imprensa Setorizada. O ganhador é anunciado apenas na cerimônia de premiação.

INSCREVA-SE AQUI